quarta-feira, 3 de abril de 2013

Ambiente Saudável




                                                          

Saúde Ambiental é Vida

 INTRODUÇÃO
Este blog visa tratar questões de saúde ambiental a nível global e nacional (Moçambique), a sua importância na preservação do bem-estar comum e na promoção de uma vida saudável vinculada num modelo de produção menos consumista e preservadora do ambiente, assim como acções humanas que podem influir na saúde ambiental, destruição dos ecossistemas, biodiversidade e relações ecológicas do planeta terra pondo em causa a possibilidade da existência ou continuidade da vida no mesmo. O saneamento pois também caracteriza a vida e saúde de uma determinada comunidade bem como determina a saúde desse ambiente.


 
Saúde ambiental/ pequeno historial

A questão ambiental tomou preocupação a nível global a partir da conferência das nações unidas sobre desenvolvimento humano que decorreu em Estocolmo, na Suécia em 1972 ressaltando a intervenção dos estados para a resolução dos problemas ambientais e de uma certa articulação internacional. No entanto, passou-se a ter uma consciência crítica em relação a problemas ambientais de maneira gradual e global.

O uso desregrado dos recursos, o desenvolvimento consumista pode afectar a continuidade de condições favoráveis para a permanência de vida na terra.
Vários enfoques e debates foram desenrolados com preocupação a preservação dos ecossistemas a biodiversidade do planeta terra, portanto a projecção, protecção e conservação de uma vida saudável no planeta terra.
Dando continuidade aos ideais da conferência de Estocolmo com vista a proteger e garantir um ambiente saudável, a conferência das nações unidas sobre o meio ambiente e desenvolvimento realizada em 1992, em rio de Janeiro no Brasil, invocou alguns princípios para alcançar um desenvolvimento sustentável, portanto, a sustentabilidade ambiental e saudável, cingidos dentro da Declaração do Rio sobre meio ambiente e Desenvolvimento alguns pontos importantes já focados em 1972:

a) O da sobrevivência do planeta. No entanto, todos os países são atingidos indistintamente. A responsabilidade de proteger o planeta para as gerações futuras é, neste caso, de todos, guardando o respeito à equidade como princípio de justiça fundamental, rumo ao desenvolvimento em direcção à protecção ambiental;
b) Os seres humanos ocupam o centro das preocupações – dai a necessidade de colocar a saúde humana no centro das preocupações, articulada ao ambiente e ao desenvolvimento rumo a sustentabilidade ambiental;
c) O desenvolvimento sustentável visa “garantir o direito a uma vida saudável e produtiva em harmonia com a natureza” tanto para as gerações presentes como as futuras.

Assim como assegura-se a necessidade de desenvolvimento dos estados e sua autonomia vinculada no reconhecimento da sua liberdade e responsabilidade na promoção de um desenvolvimento económico dotado em modelos não consumistas, e que garanta a sustentabilidade ambiental na preservação da saúde e promoção do bem-estar humano.

As questões ambientais são debatidas dentro desses moldes a nível mundial com vista a alcançarem-se soluções que possam garantir a sustentabilidade humana e vida saudável. Foi no âmbito da Rio-92 que elaborou-se a Agenda-21, este documento estabelece uma série de orientações para a integração, a nível global, de acções articuladas para o desenvolvimento sustentável visando à saúde humana e à protecção do ambiente
.
“A partir da Rio-92, a Organização Pan-Americana de Saúde iniciou os preparativos para a Conferência Pan-Americana sobre Saúde, Ambiente e Desenvolvimento, tendo em vista elaborar um plano regional de acção no contexto do desenvolvimento sustentável, articulando os planos nacionais a serem elaborados pelos diversos países e apresentados na Conferência que se realizou em Outubro de 1995.”
 (Câmara, 2002)

Dada a importância da saúde ambiental este blog tem mesmo como foco a mesma com vista a consciencializar os indivíduos a tomarem uma consciência crítica no que tange aos problemas ambientais presentes e futuros, portanto, olhar de um cidadão crítico com determinação, habilidades e conhecimentos que o tornem apto de agir individual ou colectivamente para resolver os problemas ambientais presentes e futuros e garantir assim um ambiente saudável.


Ambiente Saudável
Ambiente saudável é aquele em que por um período longo permite a sobrevivência de espécies, no caso especifico da espécie humana, satisfazendo do melhor modo as suas próprias necessidades, dando-lhe a oportunidade de viver uma vida digna e saudável. Portanto, inclui suas dimensões físicas como sociais dependendo de cada grupo social.


No entanto é pertinente, à consciencialização cada vez mais crescente aos cidadãos no que concerne aos problemas ambientais que os afetam, e que direta ou indiretamente afetam a sua saúde. Uma reflexão crítica sobre como garantir um ambiente saudável aos cidadãos.

Para tal reflexão é de extrema importância que se invoque as principais causas de um ambiente não saudável, suas consequências na sociedade e no meio ambiente, as medidas de resolução baseadas nos princípios de precaução bem como os de prevenção rumo a sustentabilidade.

Quais seriam as principais causas de um ambiente não favorável a vida dos cidadãos (Ambiente não saudável), e quais as suas implicações na sociedade?


                                               

Sem comentários:

Enviar um comentário